Página principal e inicialExperiências com balões

 {Ciência}    {Carnaval}      {Experiências - Página principal}      {Energias (renováveis...}   {Veículos não poluidores}


1. O balão que não rebenta

Enfeite a sua sala/laboratório com balões. Encha um - ou mais - com água e acabe de o encher com ar. Misture-o, estrategicamente, com os demais. Faça-lhe algumas pinturas (e aos outros) para disfarçar a linha de água. 

Pegue num isqueiro e aproxime a chama de um balão "normal": ele explode de imediato. Deixe os alunos tentarem a sua sorte.     Você vai ser a única a não rebentar um balão!... 

NOTA: Não use balões com demasiada translucidez, o que retiraria o efeito "mistério".

VER TAMBÉM: Experiências com o ar e com a água

2. Corrida de balões (Jogo que requer cuidados com as cordas de nylon)

Estique uma corda fina de nylon entre duas paredes de uma sala (pode ser mais de 10 metros), tendo o cuidado de, antes de esticar e dar o nó,  ter introduzido o fio por uma palhinha (ou duas) de sumo. Fica, assim, a palhinha (cerca de 15cm) a deslizar pelo fio.

       Enche-se, então, um balão - de borracha - segurando-o pela extremidade, sem o fechar; depois, prende-se o balão à palhinha, com recurso a fita-cola ou outro material, segurando sempre. Tal como a palhinha, o balão pode, agora, deslocar-se ao longo do fio. A extremidade de saída de ar deve ser a oposta à viagem que o balão vai efectuar.

Quando se larga o balão, ele ... . Esta experiência é extraordinária, tanto visualmente - se for realizada ao jeito de corrida, com balões de cores diferentes, colocadas em diferentes fios paralelos - como pedagogicamente, pelos ensinamentos subjacentes e pela forte impressão que deixa. 

Variante extraordinária: Introduza muitas palhinhas num dos fios. Adira firmemente vários balões - um em cada palha - mas colocados em posição transversal. O efeito é incrível, com os balões a girarem rapidamente à volta do fio. Ganha o que parar em último lugar. EXPERIMENTE DEITAR CONFÉTIS LÁ DENTRO - MAS COM O BALÃO SECO!!!!!

3. O balão mágico: Escolha o menu "LABORATÓRIO". Experiência para ser feita por todas as crianças, sem perigo. Reagentes: Vinagre e bicarbonato de sódio. Para animar a experiência, no momento em que a criança mistura os reagentes, os colegas acompanham com:  - ENCHE! ENCHE! 

 

Eu sopro... e encho o balão.

Tu sopras... mas o teu balão não enche.

A dilatação do ar

Esta experiência mostra a dilatação do ar quente.

OBJETIVO: Demonstrar a dilatação do ar quente

Material: 1 garrafa vazia; 1 balão; uma bacia; água quente.

Experiência: Coloca-se o balão sobre a garrafa vazia. Deita-se água quente na bacia e pousa-se a garrafa dentro da bacia.

Conclusão: Logo que o ar fica quente, ocupa mais espaço. Dizemos que se dilata.

....

4. A dilatação do ar: Materiais e procedimentos

5. O balão que não rebenta: É a clássica experiência da fita-cola. Para melhor impacto, deve-se deixar a(s) agulha(s)  espetada(s). Embora já não se deixem convencer, é possível realizá-la com os alunos mais velhos. 

Para estes, faça esta experiência. O balão que não rebenta. Tem filme demonstrativo.  A mesma experiência (só texto, em inglês).

 

.

6. O balão que passeia  É quase a explicação de como funciona o overcraft.     Corte o topo de uma garrafa de plástico com uma tesoura e faça um furo de 3 mm na tampa. A borda cortada deve assentar perfeitamente num plano. Encha bem o balão e coloque-o no gargalo da garrafa. Depois, liberte o ar, que quando sair por entre a borda cortada da garrafa e a mesa, cria uma almofada de ar e fará deslizar o topo da garrafa sobre a mesa.

7. Comprova a força centrífuga,

colocando uma moeda dentro do balão e fazendo-a orbitar

 

.

8. O balão íman: Fazer esta experiência se - e só se - houver material adequado à fricção (experimenta o teu cabelo). Para serem atraídos, podem ser usados bocados de papel ou pano. A professora deve experimentar antes. 

 

10. O balão que sobe: Balão cheio com o secador. Por favor, leia a descrição completa.

 

O balão que sobe: Balão cheio com o secador.

 

 

 

 

11. O balão que não rebenta: Vídeo com a execução desta experiência divertida. Perfura um balão com um "pauzinho de espetada" e ele não rebenta, enquanto os outros balões rebentam todos...

Corrida de latas: Material: Latas e balões.

Fricciona o balão numa camisola de lã e aproxima-o da lata (de alumínio fino). Ela começa a mover-se. Joga com colegas.

Conceito: Há uma transferência de eletrões da superfície da lã para a superfície do balão. Estes eletrões são, agora, atraídos pelos protões do alumínio da garrafa. Os opostos atraem-se. Neste caso, temos eletrões que têm uma carga negativa (balão) e protões que têm uma carga positiva (lata de alumínio)

 

Encher um balão... sem soprar:  A reacção química entre o bicarbonato de sódio e o vinagre produz dióxido de carbono.

(em construção)

 

Picture of balloons in bottlesConceito científicoA pressão atmosférica Ver em baixo *

Materiais:  2 balões + 2 garrafas pequenas

Procedimentos: Pede a um adulto para fazer cuidadosamente (em segredo!) um pequeno buraco no fundo de uma das garrafas. Agora, desafia um colega para ver quem enche mais um balão, como vês na imagem.

O balão que não rebenta: Faz esta experiência para os teus amigos... mas só o teu balão é que não rebenta... mesmo com a chama por baixo dele... 

 

Veículos não poluidores, para construíres, feitos com a ajuda de balões.

 

Experiências com o ar e com a água: Experiências com o ar e com a água.

Experiências com o ar e com a água: Experiências com o ar e com a água. (igual ao anterior)

.

Desafia um amigo(a) para uma competição:

Quem enche primeiro um balão?

 

Prof. Vaz Nunes - Ovar/Portugal - Direitos reservados para os autores

* Correio: escolovar + @gmail.com....


* A pressão atmosférica:

reserva

Picture of a balloon on topof a bottle of a bottle