Página principal e inicial

História do menino do Dobro e da menina do Triplo

Página principal de Matemática

Ver:  Jogo do DOBRO Jogo do DOBRO (>100)  Mais 1 jogo


Numa longínqua floresta vivia um rapaz com a sua família. O seu nome era Dobro, e tudo em que ele tocava multiplicava-se por dois. Era assim que o Dobro passava os seus dias a multiplicar as árvores, as flores e todos os animais por dois. Ele fazia sempre o dobro de tudo. Era um grande aliado da Natureza.

Um dia, num dos seus passeios matinais,  deparou-se com duas lindas árvores, e quando se preparava para as multiplicar por dois, as árvores transformaram-se em seis.

O rapaz

queria fazer  o dobro:

2 x 2

( 2 + 2 )

= 4



... mas alguém

fez isto:

3 x 2

(2 + 2 + 2 )

= 6

Ele achou tudo aquilo muito estranho mas continuou a sua caminhada.

Mais à frente, junto a um lago, viu seis lindos patos amarelos, e pensou: – “Se eu transformar estes patinhos no dobro deles,  a mãe pata ficará muito contente, porque em vez de seis filhotes passará a ter doze”.

O Dobro preparou-se para lhes tocar, quando, de repente,  em vez de seis patinhos já havia dezoito.

O rapaz

queria fazer o dobro:

2 x 6

( 6 + 6 )

= 12

 


 


  

... mas alguém

fez isto:

3 x 6

(6 + 6 + 6 )

= 18

 

- Ah! - exclamou ele. - O que se passa aqui? Vou ter que encontrar quem é responsável por isto.

Decidiu então procurar. Pelo caminho, encontrou quatro coelhos, e como naquela altura havia muitos caçadores, decidiu multiplicar os coelhos - por dois, está claro, não fosse ele o Dobro -  para os salvar da extinção, mas já foi tarde de mais porque os coelhos, em vez de oito, transformaram-se em doze.

O rapaz

queria fazer

o dobro:

2 x 4

( 4 + 4 )

= 8



... mas alguém

fez isto:

3 x 4

(4 + 4 + 4 )

= 12

Ele começou a pensar:

«As árvores eram duas e transformaram-se em seis... 3 x 2 = 6; os patos eram seis e transformaram-se em dezoito... 3 x 6 = 18; os coelhos eram quatro e transformaram-se em doze...3 x 4 = 12;  Ora, deixa cá ver ...  Já descobri: anda alguém a seguir-me e a multiplicar tudo por três.

Assim, decidiu  procurar esse famoso sábio da floresta, o senhor Mocho. Muito baixinho, o mocho segredou-lhe que era uma poderosa - mas boa - bruxa, que morava numa linda casinha no alto da montanha, acompanhada pelos seus bons amigos animais. Ela queria que fosse proibida a caça em toda a floresta mas como o Governo era formado por homens maus, não lhe davam ouvidos.

Passaram-se muitas horas. O Dobro já estava cansado, quando de repente avistou uma linda rapariga. Ela tinha um olhar meigo e em redor da sua varinha esvoaçavam passarinhos e borboletas. Decidiu aproximar-se e perguntar-lhe:

- Com que então és tu que andas por aí a multiplicar as minhas árvores e os animais por três?!

- É claro que sou! Não me conheces?

- Não. Como te chamas?

- Eu sou a rapariga do Triplo; sou mais forte do que tu porque multiplico tudo por três.

E foi assim que o menino do Dobro encontrou uma amiga para o ajudar a aumentar o número de seres vivos daquela floresta.

  Estagiárias  Mat/Cien - 2001-2002  (Retirado de CATRAIOS - Bragança)


Jogo do DOBRO

Calcula o dobro, com descoberta do produto ou de um dos fatores.

Correio: escolovar + @gmail.com

 Adaptado por Prof. Vaz Nunes - Ovar (Portugal) - 2013. © Todos os direitos reservados para as autoras do texto.

 ........