Página principal E INICIALPÁSCOA - CELEBRAÇÃO CRISTà   

 {PÁSCOA - FLASH}      {Trabalhos de Primavera e Páscoa}     {Primavera}    {Problemas da Páscoa}     {Páscoa - CANÇÕES}

         


Para os cristãos, a Páscoa representa a data da Ressurreição de Cristo.  Odia da Páscoa é o primeiro domingo depois da Lua Cheia que ocorre no dia ou depois de 21 de Março. Entretanto, a data da Lua Cheia não é a real, mas ocorre após ou no equinócio da Primavera boreal, adoptado como sendo 21 de Março (Concílio de Niceia 325 d.C.). A quarta-feira de Cinzas ocorre 46 dias antes da Páscoa e,  portanto, a terça-feira de Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa.


Os Passos de Jesus Cristo     Ressurreição de Jesus Cristo

Música de Handel: Aleluia!  Páscoa - CANÇÕES   Páscoa - CANÇÕES do COELHINHO

Páscoa (do site Júnior): a visita Pascal e muitas mais informações.  

Ovos de Páscoa (vários ppt): A lenda dos ovos de Páscoa; A galinha dos ovos de ouro; Tita, a coelhinha diferente, ...

Coelhos de Páscoa (de papel) (doc): Muitas ideias para fazeres as caixinhas das amêndoas.  Cesta simples, dupla.

Páscoa : A paixão de Cristo, em imagens de azulejos tradicionais portugueses. Você é triscaidecafóbica?


     

     

   

Clica na imagem e canta.


NOTA: Entra no youtube, clicando por cima destes vídeos. Encontrarás mais vídeos sobre a vida de Cristo.

HISTÓRIA DOS OVOS

O Domingo de Páscoa é a ressurreição, simbolizada pelo ovo, significando o nascimento – a nova vida.

A tradição de oferecer ovos vem da China.
No dia 15 de Abril, ao abrir o seu ovo de Páscoa, lembre-se que a paciência chinesa é responsável por essa tradição.
Há vários séculos os orientais preocupavam-se em embrulhar os ovos naturais com cascas de cebola e cozinhavam-nos com beterraba.
Ao retirá-los do fogo, ficavam com desenhos mosqueados na casca.
Os ovos eram dados de presente na Festa da Primavera.
O costume chegou ao Egipto.

Assim como os chineses, os egípcios distribuíam os ovos no início da nova estação.
Depois da morte de Jesus Cristo, os cristãos consagraram esse hábito como lembrança da ressurreição e no século XVIII a Igreja adoptou-o oficialmente, como símbolo da Páscoa.
Desde então, trocam-se os ovos enfeitados no domingo após a Semana Santa.
Há duas versões para explicar a substituição de ovos naturais pelos de chocolate.
Uma delas conta que a Igreja proibia, durante a Quaresma, a alimentação que incluísse ovos, carne e derivados de leite.

Mas essa versão é contraditória, pois, na Idade Média, era comum a bênção de ovos durante a missa antes de entregá-los aos fiéis.
A hipótese mais provável é o início do desenvolvimento da indústria de chocolate, por volta de 1828.

Clica AQUI, se gostas de animações (cristãs, coelhos...)

Easter songs   Aniversários

© Professor Vaz Nunes-Ovar/Portugal. *Correio: escolovar+ @gmail.com